0

A Origem das Expressões

Posted by Noelindinha on 3/20/2009 02:36:00 PM in
E por falar em origem, encontrei essas...


Corredor Polonês

Corredor polonês é uma expressão comumente utilizada para denominar uma passagem estreita formada por duas fileiras de pessoas que se colocam lado a lado, uma defronte à outra, com a intenção de castigar quem tenha de percorrê-la. A expressão faz referência à região transferida por parte da Alemanha para a Polônia ao fim da Primeira Guerra Mundial, em virtude da assinatura do Tratado de Versalhes. O Corredor Polonês dividiu a Alemanha ao meio, isolando a Prússia Oriental do resto do país. Através de uma extensão de 150 quilômetros e largura variável entre 30 a 80 quilômetros, permitiu que os poloneses circulassem livremente em território alemão, bem como possibilitou o acesso da Polônia ao Mar Báltico. Posteriormente, tanto o Corredor quanto a Prússia foram incorporados ao território polonês. A disputa pela região do Corredor Polonês provocou inúmeros atritos entre os dois países. Em 1939, durante a invasão da Alemanha à Polônia, os poloneses foram encurralados pelos alemães, os quais se posicionavam dos dois lados do Corredor e atiravam contra os poloneses, que estavam no meio.


Voto de Minerva

A expressão tem sua origem em uma história pertencente à mitologia grega. Agamenon, o comandante da Guerra de Tróia, ofereceu a vida de uma filha em sacrifício aos deuses para conseguir a vitória do exército grego contra os troianos. Sua mulher, Clitemnestra, cega de ódio, o assassinou. Com esses crimes, o deus Apolo ordenou que o outro filho de Agamenon, Orestes, matasse a própria mãe para vingar o pai. Orestes obedeceu, mas seu crime também teria que ser vingado. Em vez de aplicar a pena, Apolo deu a Orestes o direito a um julgamento, o primeiro do mundo. A decisão, tomada por 12 cidadãos, terminou empatada. Chamada pelos gregos de Atenas (Minerva era seu nome romano), a deusa da sabedoria proferiu seu voto, desempatando o feito e poupando a vida de Orestes. Eis a razão da expressão Voto de Minerva (também conhecida como "voto de desempate" ou "voto de qualidade").




Bafo de onça

A onça é um animal carnívoro que se lambuza bastante na hora de comer a caça. Por esta razão, fede muito e sua presença é detectada à distância na mata. Assim, pessoas que possuem o hálito fétido passaram a ser chamadas de "bafo de onça". A expressão também faz referência ao hálito de quem está (ou esteve) alcoolizado.


Santinha do pau oco
Expressão que se refere à pessoa que se faz de boazinha, mas não é. Nos século XVIII e XIX os contrabandistas de ouro em pó, moedas e pedras preciosas utilizavam estátuas de santos ocas por dentro. O santo era "recheado" com preciosidades roubadas e enviado para Portugal.


Névoa baixa, sol que racha

Ditado muito falado no meio rural. A Climatologia o confirma. O fenômeno da névoa ocorre geralmente no final do inverno e começo do verão. Conhecida também como cerração, a névoa fica a baixa altitude pela manhã provocando um aumento rápido da temperatura para o período da tarde.


Sem eira nem beira

Significa pessoas sem bens, sem posses. Eira é um terreno de terra batida ou cimento onde grãos ficam ao ar livre para secar. Beira é a beirada da eira. Quando uma eira não tem beira, o vento leva os grãos e o proprietário fica sem nada. Na região nordeste este ditado tem o mesmo significado mas outra explicação. Dizem que antigamente as casas das pessoas ricas tinham um telhado triplo: a eira, a beira e a tribeira como era chamada a parte mais alta do telhado. As pessoas mais pobres não tinham condições de fazer este telhado , então construíam somente a tribeira ficando assim "sem eira nem beira".

Links para esta postagem |
0

A Origem do risquinho no 7

Posted by Noelindinha on 3/16/2009 08:10:00 PM in
Muita gente até hoje quando escreve o numero 7 ainda coloca um pequeno traçinho no número. Oficialmente este pequeno traço não existe como dá para constatar digitando a tecla 7 do teclado do seu computador, calculadora ou qualquer outro aparelho que possua teclado.

Séculos atrás nos tempos bíblicos, quando Moisés estava no Monte Sinai e lhe foram ditados os 10
mandamentos. Em voz alta, ele foi anunciando os mandamentos à multidão um por um.

Quando chegou no mandamento sete, Moisés disse:
“Não desejarás a mulher do próximo!”

Um breve silêncio… E a multidão rompeu, gritando em coro:
Risca o sete, risca o sete!!!

Se é verdade, eu não sei... Mas que é interessante, isso é...

Links para esta postagem |
0

Pesquisa Mundial

Posted by Noelindinha on 3/16/2009 01:27:00 PM in
A ONU resolveu fazer uma grande pesquisa mundial.


A pergunta era:

" Por favor, diga honestamente, qual sua opinião sobre a escassez de alimentos no resto do mundo"


O resultado foi desastroso.



Foi um total fracasso.



Os europeus não entenderam o que é "escassez".



Os africanos não sabiam o que era "alimentos".



Os argentinos não sabiam o significado de "por favor".



Os norte americanos perguntaram o significado de "o resto do mundo".



Os cubanos estranharam e pediram maiores explicações sobre "opinião".



E o congresso brasileiro ainda está debatendo o que é "honestamente"...

Links para esta postagem |
0

PAIXÃ0 MATEMÁTICA - Millor Fernandes

Posted by Noelindinha on 3/16/2009 12:49:00 PM in
Um Quociente apaixonou-se
Um dia
Doidamente
Por uma Incógnita.

Olhou-a com seu olhar inumerável
E viu-a, do Ápice à Base...

Uma Figura Ímpar;
Olhos rombóides, boca trapezóide,
Corpo ortogonal, seios esferóides.

Fez da sua
Uma vida
Paralela a dela.

Até que se encontraram
No Infinito.

"Quem és tu?" indagou ele
Com ânsia radical.

"Sou a soma do quadrado dos catetos.
Mas pode me chamar de Hipotenusa."

E de falarem descobriram que eram
- O que, em aritmética, corresponde
A alma irmãs -
Primos-entre-si.

E assim se amaram
Ao quadrado da velocidade da luz.

Numa sexta potenciação
Traçando
Ao sabor do momento
E da paixão
Retas, curvas, círculos e linhas senoidais.

Escandalizaram os ortodoxos
das fórmulas euclidianas
E os exegetas do Universo Finito.

Romperam convenções newtonianas
e pitagóricas.
E, enfim, resolveram se casar

Constituir um lar.
Mais que um lar.
Uma Perpendicular.

Convidaram para padrinhos
O Poliedro e a Bissetriz.

E fizeram planos, equações e
diagramas para o futuro
Sonhando com uma felicidade
Integral
E diferencial.

E se casaram e tiveram
uma secante e três cones
Muito engraçadinhos.

E foram felizes
Até aquele dia
Em que tudo, afinal,
Vira monotonia.
Foi então que surgiu
O Máximo Divisor Comum...

Freqüentador de Círculos Concêntricos.
Viciosos.
Ofereceu-lhe, a ela,
Uma Grandeza Absoluta,
E reduziu-a a um Denominador Comum.
Ele, Quociente, percebeu
Que com ela não formava mais Um Todo.
Uma Unidade.

Era o Triângulo,
Tanto chamado amoroso.
Desse problema ela era a fração
Mais ordinária.

Mas foi então que Einstein descobriu a
Relatividade.
E tudo que era expúrio passou a ser
Moralidade

Como aliás, em qualquer
Sociedade.

Links para esta postagem |
0

Origem da palavra SINCERA - Malba Tahan

Posted by Noelindinha on 3/16/2009 12:37:00 PM in
Sincera é uma palavra doce e confiável.
Sincera é uma palavra que acolhe .

E essa é uma palavra que deveria estar no vocabulário de toda alma.
Sincera foi uma palavra inventada pelos romanos.

Sincero vem do velho, do velhíssimo latim...

Eis a poética viagem que fez sincero
de Roma até aqui:

Os romanos fabricavam certos vasos
de uma cera especial.

Essa cera era, às vezes, tão pura e perfeita
que os vasos se tornavam transparentes.
Em alguns casos,
chegava-se a se distinguir um objeto
- um colar, uma pulseira ou um dado -
que estivesse colocado
no interior do vaso.

Para o vaso, assim fino e límpido, dizia o romano vaidoso:
-Como é lindo... parece até que não tem cera!

-"Sine-cera" queria dizer:
-"sem cera",
uma qualidade de vaso perfeito, finíssimo, delicado,
que deixava ver através de suas paredes.

Da antiga cerâmica romana,
o vocábulo passou a
ter um significado muito mais elevado.

Sincero é aquele que é franco,
leal, verdadeiro, que não oculta,
que não usa disfarces,
malícias ou dissimulações.

O sincero, à semelhança do vaso,
deixa ver, através de suas palavras,
os nobres sentimentos de seu coração.

Links para esta postagem |
0

Riscos e Rabiscos

Posted by Noelindinha on 3/16/2009 12:11:00 PM in
Junto do seu telefone deve ter um bloquinho cheio de rabiscos...
Preste atenção neles.

Você vai ficar surpreso com algumas revelações que anda largando por aí... Dê uma olhadinha no seu(s) RABISCO(S):



ESPIRAIS:
Quem fica desenhando espirais não gosta de ficar sozinho. Desenhos assim são feitos, geralmente, por pessoas que gostam de se destacar no grupo e batallham para ter alguma função em qualquer lugar, em qualquer turma.


FLORES:
Se você, vira e mexe, desenha flores... Você é uma pessoa sensível. Seu jeito meio maternal deve fazer muito sucesso entre sobrinhos e primos menores. Você é uma pessoa DOCE!


SETAS:
Desenhar setas significa alguma idéia fixa. Se elas apontarem para baixo ou para esquerda, elas falam de alguma coisa que já passou. Se elas apontarem para a direita, indicam futuro. Se as setas apontarem para cima, você deve estar entediado(a) e é bom se programar direitinho para o próximo fim de semana.


OLHOS:
Você é curioso(a) ou está procurando alguma solução para um problema se desenhar olhos. O sentido do olhar também é importante: para a esquerda, indica algo no passado; para a direita, mira o futuro. Se você tiver desenhado olhos fechados, é provável que não esteja querendo enfretar uma situação ou não queira admitir algo cruel sobre si mesmo.


CÍRCULOS:
O hábito de desenhar círculos indica que você é uma pessoa que se completa, mas gosta de passar bastante tempo com as pessoas. No entanto, se são vários círculos que se sobrepõem, você gosta de ficar na sua. Pode ser, também, que esteja tentando guardar um segredo. Se você costuma completar o círculo cuidadosamente, deve já ter-se dado mal ao se abrir com os outros e, agora, tenta se fechar mais.


CARAS E BOCAS:
Tudo indica que se sinta bem ajustado(a) ao seu mundo. As expressões dessas figuras que surgem do nada também revelam como você está se sentindo. Ou seja: quem está contente desenha pessoas felizes. Se em vez disso, o que surgem no papel são figuras esquisitas, fantasmas, algo deve estar pegando na sua vida.


NOMES:
Se você não para de escrever seu próprio nome, pode ser um jeito inconsciente de demonstrar que está triste ou se sentido rejeitado(a) pelos outros. Mas pode também significar que você anda muito preocupado(a) consigo mesmo e, que nesse momento, nada mais importa.


CUBOS:
Desenhar cubos revela uma pessoa que nada tem de preguiçoso(a). Pelo contrário: você é criativo(a), motivado(a) e gosta de pôr a mão na massa, de participar. Desenhar um cubo dentro do outro demonstra frustação com alguma coisa ou alguém.


ESTRELAS:
Rabiscar estrelas é um sinal de ambição, de que você tem objetivos bem definidos na sua cabeça. Se as estrelas forem simétricas, você sabe analisar as situações, é curioso(a) e seguro(a) de si. Já as estrelas disformes, assimétricas, indicam que você tem muita energia mas não sabe bem como usá-la.


CASAS:
Desenhar casas significa estar se sentindo bem no lugar onde se vive. Uma casa aponta para uma sensação de conforto, paz com a família, mesmo que algumas brigas com os irmãos pareçam dizer o contrário. Mas se a casa não tiver janelas nem portas, isso pode indicar uma sensação de pouco espaço.


LINHAS
Linhas retas são feitas por quem é entusiasmado(a), objetivo(a) e vai direto ao ponto. Linhas em ziguezague ou que se cruzam várias vezes indicam que alguma coisa mexeu muito com você, mas sua opção é não pôr o dedo na ferida. Ao menos por enquanto.


ONDAS
Você está pronto para mergulhar em alguma coisa nova, que pode mudar a sua vida. Ondas lembram movimento, expectativa de uma oportunidade especial ou desejo de cair fora, rapidinho.


CORAÇÕES
HEHEHE...Você está AMANDO!!!... Felicidades!


Retirado do site plinn

Links para esta postagem |
0

Como Descartar o ÓLEO DE COZINHA

Posted by Noelindinha on 3/07/2009 02:48:00 PM in
Coxinha, pastel, batata frita...São muitas as frituras gostosas que vão à mesa da família brasileira. Muita gente não sabe, porém, o que fazer com o óleo depois de usadopara preparar essas delícias. O resultado é que, na maioria das vezes, o produto é jogado na pia, no ralo ou mesmo no lixo comum. Esse despejo indevido de óleo na rede de esgoto ou nos lixões custa caro: contamina a água e o solo e facilita a ocorrência de enchentes. Segundo especialistas, quando o óleo segue para a rede de esgoto, encarece o tratamento dos resíduos em até 45%.
Mas o que fazer então?A melhor alternativa é procurar alguma empresaou entidade que reaproveite o produto. Nesse caso, basta armazenar o óleo já frio em uma garrafa PET ou qualquer outro frasco com tampa e fazer a doação.Não é necessário coar. Veja abaixo os endereços de postos de coletana Grande São Paulo:

ASSOCIAÇÃO NOSSA ESCOLA
www.anossaescola.org.br
INSTITUTO TRIÂNGULO
www.triangulo.org.br

Links para esta postagem |

Copyright © 2009 A Vida é Feita de Escolhas All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates